Arquitetos constroem cama elástica de 51 metros em floresta russa

Instalação é destaque em conhecido festival de arte e arquitetura realizado ao ar livre.

BBC Brasil, BBC

04 de dezembro de 2012 | 09h51

Um escritório de arquitetura da Estônia instalou uma cama elástica de quase 52 metros no meio de uma floresta russa.

A passarela de borracha preta foi instalada pelo estúdio Salto como parte de um conhecido festival de artes da Rússia, a Aschstoyanie 2012.

A instalação, chamada de Fast Track (algo como "Rota Expressa", em tradução livre), foi erguida na floresta de Nikola-Lenivets, no sudoeste da Rússia.

Os visitantes podem pular em toda a extensão da cama elástica. Desde que foi colocada na floresta, no final de novembro, ela tem sido um sucesso.

Maarja Kask, Karli Luik, e Ralf Lõoke são os designers responsáveis pela instalação. De acordo com eles, a obra seria é "uma estrada e uma instalação ao mesmo tempo".

"(Ela) Desafia o conceito de infraestrutura que apenas se concentra nos aspectos funcionais e técnicos e tende a ignorar o que a cerca. Fast Track é uma tentativa de criar uma infraestrutura inteligente, que é emocional e corresponde ao contexto local."

"(Fast Track) Dá ao usuário uma experiência diferente de movimento e percepção do ambiente", escreveram os designers.

O festival Archstoyanie funciona como um laboratório ao ar livre, permitindo que arquitetos russos e de outros países usem o espaço para projetos experimentais.

Segundo os organizadores, o espaço do parque permite mais oportunidades de criação do que em um contexto urbano.

A floresta de Nikola-Lenivets fica a cerca de quatro horas de carro ao sul de Moscou, na região de Kaluga. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
alsoarterússiacama elástica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.