Arquivo russo revela americanos capturados no Vietnã

Os arquivos militares russos trouxeram à tona novas informações sobre 51 pilotos norte-americanos capturados no Vietnã durante a guerra, informou nesta segunda-feira um parlamentar russo que chefia uma comissão conjunta dos dois países, para investigar o destino de prisioneiros de guerra.Sete pilotos foram identificados, disse Nikolai Bezborodov, vice-presidente da comissão parlamentar de Defesa e co-presidente da Comissão Rússia-Estados Unidos de Prisioneiros de Guerra, informou a agência de notícias Interfax-Military."O destino de mais 19 recrutas pôde ser determinado pelos norte-americanos com base nas listas apresentadas a eles", disse Bezborodov, segundo a agência.Ele comentou que os arquivos tratam de 38 incidentes que envolveram 51 norte-americanos capturados. Ao todo, 1.889 norte-americanos ainda são considerados desaparecidos, no Vietnã e países próximos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.