Artigo: Um presidente diferente de todos os outros

Presidência é um dos clubes mais exclusivos nos Estados Unidos e neste clube há distinções

por Karen Heller / THE WASHINGTON POST, O Estado de S. Paulo

22 Janeiro 2017 | 05h00

Costumamos achar que os presidentes são pessoas diferentes de nós. E, em grande parte, s são, a começar pela confiança ao se olharem no espelho do banheiro e pensar: "Eu deveria ser o líder do mundo livre".

A presidência é um dos clubes mais exclusivos nos Estados Unidos. Cada decisão, discurso, entrevista e agora tweet de seus membros é divulgado em todo o globo. Ao contrário dos simples mortais confinados em geral à lata de lixo da história, os presidentes são imortalizados em monumentos, bibliotecas presidenciais, biografias, rodovias, aeroportos, escolas públicas, canecas de café e possivelmente moedas correntes. 

Neste clube, que continua sendo exclusivamente para homens, há distinções. 

Millard Fillmore é ainda o único com este nome, e possivelmente por toda a eternidade. Andrew Jackson foi o primeiro a sofrer impeachment, mas certamente não será o último.

 

Franklin D. Roosevelt, é o único presidente que foi eleito quatro vezes. Além disso, o único que casou com uma mulher com o mesmo sobrenome. 

John F. Kennedy foi o primeiro presidente católico; Ronald Reagan, o primeiro ator e também o primeiro a se divorciar; Barack Obama, o primeiro afro-americano. 

E com todas as suas peculiaridades, o homem que acaba de se tornar o 45º presidente não tem precedentes. Donald Trump pode gabar mais traços distintivos do que os que o antecederam: 

- Ele é o primeiro presidente que nunca serviu ao Estado, num cargo público ou servindo as Forças Armadas. 

- O primeiro que nasceu e cresceu em Queens. 

- O primeiro a formar-se na Universidade de Pensilvânia, principalmente na sua Wharton School. E a estudar na Fordham (privada, sem fins lucrativos, católica), antes de se transferir para a Penn no terceiro ano da faculdade. 

- Aos 70 anos, é o homem mais velho a tomar posse como presidente (Ronald Reagan tinha 69.) 

- O primeiro presidente a construir e morar num arranha-céu de 58 andares. E a construir hotéis, cassinos, campos de golfe. (Entretanto, ele se tornou um dos múltiplos presidentes que compartilham um entusiasmo inesgotável pelo esporte.) 

- O primeiro presidente a ser tema de uma Comedy Central Roast (onde o convidado é "fritado".) 

- É um dos presidentes mais ricos da nação, e o primeiro bilionário. 

- O primeiro presidente a não revelar sua declaração de impostos durante a campanha, desde que esta tradição começou em 1976. 

- O primeiro a possuir um avião de carreira, um Boeing 757 com mais detalhes em ouro do que o Air Force One - cintos de segurança e acessórios de banheiro, além de um brasão de família - embora não seja maior, como Trump afirmou. 

- O primeiro presidente a adorar literalmente o Twitter: produziu mais de 34 mil tuítes - o dobro do que seu predecessor na Casa Branca - sem dar sinais de parar. 

- O primeiro a participar de um reality show. 

- E o primeiro a deter o título de produtor executivo de um show. 

- O primeiro presidente a se casar três vezes e a divorciar duas. (Não será o primeiro com uma primeira dama nascida no exterior; a esposa de John Quincy Adams, Louisa, nasceu em Londres. Mas Trump será o primeiro em quase dois século. 

(Não será o primeiro a ser casado com uma ex-modelo. Betty Ford também foi. Entretanto, será o primeiro a ser casado com uma ex-modelo que posou de topless.) 

- O primeiro que é autor ou coautor de uma quantidade de livros de autoajuda - mais de uma dúzia.

 

- Além disso, o primeiro presidente a ser convidado pelo programa Saturday Night Live. (Por duas vezes.) Ou que já fez inúmeras aparições na televisão ou em filmes, inclusive em The Fresh Prince of Bel-Air, The Jeffersons, Home alone : Lost in New York, The Nanny, Sex and the City, VWE Raw e WrestleMania, praticamente todos eles em seu papel preferido, o dele mesmo. 

- O primeiro presidente a aparecer no programa de rádio de Howard Stern. Várias vezes. E gabar-se de sua vida sexual e discutir a aparência das mulheres. (Com toda probabilidade, não será o primeiro presidente a usar uma linguagem vulgar falando de mulheres. Será o primeiro cujas vulgaridades foram gravadas, e amplamente divulgadas, e foi eleito mesmo assim.) 

- O primeiro presidente a ter patrocinado concursos de beleza.

 

- O primeiro a morar numa cobertura triplex na 5ª Avenida em estilo de Luiz XIV, com ornatos em ouro em suas colunas de mármore e decoração em geral em ouro 24 quilates.

 

- O primeiro presidente investigado pelo Departamento de Justiça por discriminação e em processos civis.

 

- O primeiro a ter uma universidade à qual deu seu nome, que foi mais um programa de seminários sobre o setor imobiliário do que uma instituição de educação superior. (Jefferson fundou a Universidade de Virginia, mas não lhe deu seu nome. George Washington permitiu uso do seu para rebatizar uma faculdade na área de Eastern Shore of Maryland.) 

- O primeiro presidente que tem inúmeros produtos à venda com o seu nome, de camisas a perfumes e vodca. (Trump, como muitos presidentes anteriores, não toma bebida alcoólica.)

 

- O primeiro cujas empresas entraram com um pedido de recuperação judicial seis vezes. 

- É o primeiro Donald

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.