Artilharia americana mata pelo menos três em Cidade Sadr

Forças americanas dispararam um howitzer, uma peça de artilharia raramente usada, e mataram pelo menos três rebeldes que operavam um morteiro em Cidade Sadr, cortiço de Bagdá dominado por radicais xiitas. Um único obus foi disparado pela arma de 155 mm, atingindo o carro que os rebeldes usavam como base para seu morteiro, segundo o sargento Fernando Rodriguez.Seguindo o rastro de sangue deixado pelo veículo, soldados encontraram três cadáveres. Restos humanos estavam espalhados pela área, e o número total de mortos pode chegar a seis, diz Rodriguez.A artilharia americana fez o disparo depois Dee 21 tiros de morteiro caírem dentro ou nos arredores de Águia de Guerra, base da 1ª Divisão de Cavalaria na periferia de Cidade Sadr. Não há informe de baixas americanas ou entre civis iraquianos. Mais cedo, um ataque aéreo havia atingido um lançador de foguetes montado sobre outro carro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.