AP Photo/Jockel Finck
AP Photo/Jockel Finck

Artistas querem cobrar 15 euros por visita a recriação do Muro de Berlim

Grupo de artistas planeja criar estrutura similar à original, derrubada em 1989; projeto aguarda aprovação de autoridades locais

O Estado de S.Paulo

28 Agosto 2018 | 11h38

BERLIM - A capital alemã pode voltar a ter o Muro de Berlim em 2018, pelo menos por quatro semanas. Um grupo de artistas anunciou, nesta terça-feira, 28, que planeja construir uma reprodução da estrutura ao redor de um quarteirão no centro da cidade em meados de outubro.

Os visitantes da instalação precisarão comprar "vistos" pela internet por 15 euros (cerca de R$ 72) e, quando entrarem na área, deverão trocar seus celulares por smartphones que servirão como guias. Os aparelhos fornecerão instruções sobre o passeio, que incluirá exposições, shows e documentários.

O muro será demolido no dia 9 de novembro, 29 anos depois que o Muro de Berlim original, que dividiu a cidade de 1961 a 1989, foi derrubado. Os artistas aguardam uma aprovação final das autoridades municipais para poderem iniciar os trabalhos. / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.