Asiáticos fazem reunião de emergência sobre gripe avícola

Autoridades sanitárias de sete nações da Ásia se reuniram hoje em Nova Délhi, na Índia, para determinar formas de impedir o avanço da epidemia de gripe avícola. Representantes da Organização das Nações Unidas (ONU) e da Organização Mundial de Saúde (OMS) também participaram da reunião, cujos resultados ainda não foram divulgados. A doença já matou 20 pessoas na Ásia (seis na Tailândia, 14 no Vietnã) e obrigou a destruição de mais de 50 milhões de aves. A influenza continua a se espalhar pela região. A reunião foi chamada depois que a OMS advertiu que a influenza pode ter um impacto mais devastador que a epidemia da síndrome respiratória aguda severa (SARS).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.