Assad afirma que derrotará conspiração a qualquer preço

O presidente Bashar Assad disse neste domingo que a Síria derrotará aquilo que ele descreve como um plano estrangeiro que está sendo conduzido contra o país, segundo informações da Sana, a agência de notícias oficial do governo.

AE, Agência Estado

26 de agosto de 2012 | 14h09

"O povo sírio não vai permitir que essa conspiração atinja seus objetivos", disse Assad. "O que está acontecendo agora não é apenas dirigido à Síria, mas a toda a região. Como o país tem uma posição estratégia, as potências estrangeiras o estão atacando para que a conspiração tenha sucesso em toda a região."

Assad tem definido o brutal conflito de 17 meses como uma luta contra os "terroristas" estrangeiros que estariam sendo auxiliados pelo Ocidente e pelos muçulmanos sunitas inimigos da Síria na região, o que incluiria a Arábia Saudita. "A Síria continua a estratégia de resistência apesar dos esforços conjuntos do Ocidente e de algumas nações da região para que o país mude sua posição", disse.

O presidente discursou durante um encontro com o chefe da comissão de segurança nacional e políticas externas do parlamento iraniano, Aladin Borujerdi, em Damasco. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
SíriaSanaAladin Borujerdi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.