AFP PHOTO / HO / SANA
AFP PHOTO / HO / SANA

Assad compara Venezuela à Síria e diz que EUA buscam 'hegemonia'

anções e embargos tornaram-se o manual para pressionar quem não adere às políticas (de Washington), diz líder sírio

Redação, O Estado de S.Paulo

04 de abril de 2019 | 13h26

O presidente da SíriaBashar Assadcomparou nesta quinta-feira, 4, a guerra civil em seu país à crise política e econômica na Venezuela ao se reunir com o chanceler venezuelano, Jorge Arreaza. 

"O que está ocorrendo na Venezuela é similar ao que ocorreu na Síria", disse Assad, segundo o canal russo Russia Today. "Quem interfere em ambas as crises está procurando hegemonia."

O presidente atribuiu aos Estados Unidos a tentativa de construir essa hegemonia. Segundo ele, a interferência americana em seu país ocorreu de forma flagrante. 

"Sanções e embargos tornaram-se o manual para pressionar quem não adere às políticas (de Washington)", acrescentou. 

Arreaza está em visita oficial ao Oriente Médio e deve visitar outros países aliados da Venezuela, como o Líbano e a Turquia. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.