Youssef Boudlal/Reuters
Youssef Boudlal/Reuters

Assad diz que precisa de tempo para vencer a guerra na Síria

Declarações de presidente são sinal que o regime quer prolongar conflito com rebeldes

AE, Agência Estado

29 de agosto de 2012 | 09h45

BEIRUTE - O presidente da Síria, Bashar Assad, afirmou nesta quarta-feira, 29, que as forças de seu governo precisam de tempo para vencer a guerra civil que corrói o país. "Nós estamos lutando em uma guerra global e regional, então é preciso de tempo para vencê-la. (...) Nós estamos avançando. A situação está praticamente melhor mas ainda não foi decidida", disse Assad em uma rara entrevista.

Veja também:

linkExplosão de carro-bomba em funeral mata 27 em Damasco

blog ONU: aumento da violência na Síria faz número de refugiados "explodir de forma dramática"

forum CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

As declarações são um sinal de que o regime pode estar se preparando para um conflito prolongado contra os rebeldes em múltiplos fronts, incluindo Damasco, capital da Síria, Alepo, a maior cidade do pais, e diversas outras cidades da nação árabe. Também parecem reforçar os comentários de Assad para um representante do Irã que visitou-o no fim de semana, de que a luta continuará "a qualquer preço."

Os rebeldes batalham para tirar Assad do poder. Ele chegou à presidência em 2000 ao suceder seu pai, o falecido Hafez Assad, que governou o país com mão de ferro por 30 anos. Pelo menos 20 mil sírios foram mortos no conflito, afirmam ativistas.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.