Assad impede entrada de ajuda humanitária

Um comboio de ajuda humanitária com centenas de ativistas sírios e estrangeiros foi proibido de entrar na Síria ontem. De acordo com um representante do grupo, eles ficarão acampados na fronteira turca. Ainda ontem, o secretário-geral da Liga Árabe, Nabil al-Arabi, afirmou que a entidade vai repensar a presença de sua missão de observadores no país, em meio a relatos de violência do regime contra civis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.