Assad lidera lista de suspeitos enviada ao TPI

O presidente sírio, Bashar Assad, encabeça uma lista com os nomes de 20 autoridades e rebeldes que podem ser indiciados por crimes de guerra pelo Tribunal Penal Internacional, em Haia. Segundo David Crane, ex-promotor do Tribunal Especial de Serra Leoa e chefe do Projeto de Responsabilização na Síria, a lista inclui militares, membros da elite política, além de grupos rebeldes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.