Assad pede por diálogo para formação de Estado palestino

O presidente da Síria, Bashar al-Assad, afirmou neste sábado em reunião com o chefe da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, que o diálogo é "o único idioma" para a formação de um governo de união nacional palestino.Segundo um comunicado presidencial, Al-Assad ressaltou a necessidade de que o povo palestino se comprometa nesta etapa pela qual atravessa a renunciar à luta entre ambas as facções e fortalecer o "tecido nacional".Em meados de dezembro passado, começou um confronto entre as principais facções palestinas, o Hamas e o Fatah, depois que Abbas, líder desta segunda formação, anunciou a realização de eleições presidenciais e parlamentares antecipadas.O presidente sírio acrescenta na nota a disposição de seu país a apoiar qualquer acordo que alcancem os palestinos.O presidente da ANP expressou seu compromisso pela paz, "que levará ao fim da ocupação, ao estabelecimento de um Estado palestino independente com capital em Jerusalém e à restauração dos direitos palestinos", acrescenta o comunicado oficial divulgado em Damasco.Segundo várias fontes palestinas, Abbas poderia se reunir neste sábado com o máximo representante do Hamas, Khaled Mashaal, chefe do escritório político desta organização e que vive exilado em Damasco.O líder palestino não descartou esta possibilidade, mas também não fez um anúncio oficial da mesma. Abbas, que chegou neste sábado a Damasco, deve permanecer dois dias na Síria. As conversas entre os dois dirigentes também tiveram a participação do vice-presidente sírio, Farouk al-Shara, e o ministro de Exteriores sírio, Walid al-Moualem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.