Khaled al-Hariri/Arquivo/Reuters
Khaled al-Hariri/Arquivo/Reuters

Assad responsabiliza Turquia por derramamento de sangue na Síria

Presidente sírio afirmou, mais cedo, que suas forças precisam de tempo para vencer a guerra

estadão.com.br,

29 de agosto de 2012 | 20h31

BEIRUTE - O presidente sírio, Bashar Assad, culpou o governo turco nesta quarta-feira, 29, pela violência nas manifestações que já duram 17 meses na Síria, nas quais milhares de pessoas têm morrido. "A Turquia tem responsabilidade direta pelo sangue que está sendo derramado na Síria", disse a Assad à emissora de TV local Addounia.

Veja também:

link Assad diz que precisa de tempo para vencer a guerra na Síria

blog ONU: aumento da violência na Síria faz número de refugiados "explodir de forma dramática"

Mais cedo, o presidente sírio afirmou que as forças de seu governo precisam de tempo para vencer a guerra civil que corrói o país. "Nós estamos lutando em uma guerra global e regional, então é preciso de tempo para vencê-la. (...) Nós estamos avançando. A situação está praticamente melhor mas ainda não foi decidida."

Os rebeldes batalham para tirar Assad do poder. Ele chegou à presidência em 2000 ao suceder seu pai, o falecido Hafez Assad, que governou o país com mão de ferro por 30 anos. Pelo menos 20 mil sírios foram mortos no conflito, afirmam ativistas.

Com Reuters

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.