Charles Trainor Jr. / Miami Herald / AP
Charles Trainor Jr. / Miami Herald / AP

Assalto a joalheria termina com 4 mortos após perseguição policial na Flórida

Depois do roubo, dois homens armados fugiram do local em um caminhão e levaram o motorista como refém; policiais dispararam quando o veículo ficou preso no congestionamento

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de dezembro de 2019 | 09h13

MIAMI, EUA - Um assalto a uma joalheria na cidade de Coral Cables, no Estado da Flórida, terminou na quinta-feira, 5, com quatro mortos e três feridos após uma perseguição policial.

Durante a tarde, dois homens armados roubaram uma joalheria perto de Miami e fugiram da cena do crime em um caminhão de uma transportadora roubado, levando o motorista como refém.

Eles dirigiram em alta velocidade por uma rodovia durante o horário de pico da tarde, perseguidos por dezenas de veículos policiais, causando congestionamento.

Os policiais dispararam quando o caminhão ficou preso no trânsito por volta das 17h30 (19h30 em Brasília) na cidade de Miramar, a cerca de 40 km da joalheria.

As informações não foram confirmadas pela polícia local, que se limitou a dizer que nenhum policial foi morto durante a operação.

Tiros em meio a engarrafamento

Quatro pessoas morreram na avenida onde os policiais efetuaram os disparos, diante de câmeras de televisão que transmitiram tudo ao vivo de helicópteros. As vítimas são os dois suspeitos, o motorista do caminhão e um pedestre, de acordo com o agente do FBI George Piro.

Testemunhas escreveram mensagens indignadas nas redes sociais em razão do risco dos disparos dos agentes para as pessoas que estavam presas no engarrafamento.

Dos três feridos, um foi levado a um hospital próximo e os outros dois já foram liberados pelas equipes médicas enviadas ao local. / AFP e EFE

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.