Assange lança candidatos ao Senado australiano

O australiano Julian Assange lançou os candidatos de seu partido, o WikiLeaks, ao Senado da Austrália que disputarão a eleição deste ano. Assange falou sobre o lançamento dos candidatos nesta quinta-feira pelo Skype, já que está asilado na embaixada do Equador em Londres.

Agência Estado

25 de julho de 2013 | 10h26

O homem que se tornou famoso por publicar documentos secretos do governo norte-americano abrigou-se na representação diplomática na capital britânica para não ser extraditado para a Suécia, onde é acusado por crimes sexuais.

Assage, de 41 anos, é um dos três candidatos do partido para a eleição que será realizada em Victoria antes de dezembro. O partido, que foi registrado pela Comissão Eleitoral Australiana no início deste mês, também terá candidatos nos Estados de Nova Gales do Sul e Austrália Ocidental. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
AustráliaWikileakspartidocandidatura

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.