Assange participa de evento via vídeo

Embora confinado na Embaixada do Equador em Londres, o fundador do WikiLeaks, o australiano Julian Assange, usou ontem um link para discursar em um evento paralelo à Assembleia-Geral da ONU. Por vídeo, acusou o presidente dos EUA, Barack Obama, de usar a Primavera Árabe para obter votos.

NOVA YORK, O Estado de S.Paulo

27 de setembro de 2012 | 03h04

A delegação equatoriana se encarregou da logística de transmissão. Assange participou do evento com o chanceler do Equador, Ricardo Patiño. Ambos falaram sobre o pedido de asilo feito pelo australiano - acusado na Suécia de crimes sexuais - e concedido pelo governo equatoriano. Refugiado desde junho na missão do Equador, ele não pode deixar o local porque Londres se recusa a dar-lhe um salvo-conduto. / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.