Assange quer se tornar senador na Austrália

Atualmente cumprindo prisão domiciliar na Grã-Bretanha, o fundador do WikiLeaks, Julian Assange, anunciou que pretende disputar um assento no Parlamento da Austrália, seu país de origem, em 2013. "Descobrimos que é possível para ele concorrer ao Senado australiano enquanto está detido", disse ontem o site.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.