Assange vende sua biografia por US$ 1,5 milhão

Julian Assange disse ao jornal britânico "Sunday Times" que assinou contratos para publicar sua autobiografia com valor total de mais de US$ 1,5 milhão. O dinheiro será usado na defesa contra as acusações de crimes sexuais feitas por duas mulheres na Suécia. Assange afirma que já gastou mais de US$ 300 mil com os custos do processo. "Não quero escrever o livro, mas tenho de fazê-lo", disse. "Tenho de me defender e manter o WikiLeaks operando." Companhias de cartão de crédito e de pagamentos pela internet bloquearam a arrecadação do WikiLeaks. / AFP

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.