Assassinadas seis pessoas e quatro cadáveres achados no Iraque

Seis pessoas foram assassinadas esta manhã em três atentados perpetrados em Tikrit e em duas áreas próximas a Bagdá, enquanto que quatro cadáveres foram encontrados no conflituoso bairro de Cidade Sadr, ao leste de Bagdá. Em Tikrit, 170 quilômetros ao norte de Bagdá e cidade natal do ditador deposto Saddam Hussein, uma bomba explodiu na entrada de um edifício, matando quatro pessoas, entre eles três policiais, disseram fontes policiais. Os outros dois assassinatos foram registrados em Taji (norte de Bagdá) e Iskandariya, 60 quilômetros ao sul da capital, sem que as fontes tenham dado mais detalhes. No bairro de Cidade Sadr, onde ontem houve 48 mortos após uma série de atentados com carros-bomba, hoje foram descobertos os cadáveres de outras quatro pessoas assassinadas a sangue frio. Os cadáveres, todos de jovens xiitas, apresentavam impactos de bala na cabeça, e junto com ees havia uma nota com a mensagem: "Estas pessoas são traidores", segundo a Polícia, que o interpretou como uma represália pelos atentados realizados ontem no bairro.

Agencia Estado,

13 Março 2006 | 07h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.