Assassinato de afegãos leva soldado à prisão

O soldado americano David Bram, de 27 anos, foi condenado a 5 anos de prisão pelo assassinato de civis afegãos. Bram participava de um grupo autodenominado "Kill Team" e participou do planejamento e execução de civis inocentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.