Assassinato de jornalista é o oitavo do ano no México

O jornalista mexicano Alfonso Sánchez Guzmán foi morto a tiros e seu corpo foi encontrado flutuando num rio do estado de Veracruz, informaram fontes oficiais no final da noite desta quinta-feira.É o oitavo jornalista mexicano assassinado este ano e o segundo nos últimos oito dias em Veracruz. O corpo de Sánchez Guzmán, ex-correspondente da Televisa-Veracruz, apresentava quatro tiros, um deles na cabeça.Perto dele também foi encontrado o corpo de um suposto integrante de uma quadrilha que assaltava caminhões.No dia 22 de novembro, o repórter policial Roberto Marcos García foi morto no porto de Veracruz. Ele viajava de moto quando foi derrubado por um carro e baleado na estrada.A organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF) disse que, após o crime de Marcos García, o México é o segundo país mais perigoso para a imprensa em 2006, atrás apenas do Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.