Assassino que pediu antecipação de pena é executado no Texas

Um homem que rejeitou todos os recursos de apelação e pediu para que sua punição fosse antecipada foi executado nesta quinta-feira no Texas, informaram fontes oficiais. Robert Anderson, de 40 anos, recebeu uma injeção letal pelo assassinato de Audra Reeves, uma menina de cinco anos, há 14 anos em Amarillo (Texas). "A única coisa que me faria aceitar a suspensão (da execução) seria um decreto que acabasse com a pena de morte", disse o criminoso a caminho do corredor da morte.Antes de receber a injeção no Centro de Reabilitação de Huntsville, Anderson se dirigiu à avó de sua vítima para expressar arrependimento pelo assassinato."Lamento pela dor que causei. Tenho lamentado isso durante muito tempo", acrescentou, segundo relatou um porta-voz do presídio.Esta foi a segunda execução no Texas em dois dias. Na quarta-feira foi executado Mauriceo Brown pelo assassinato de Michael LaHood em 1996, cometido durante um assalto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.