Assembléia afegã terá pelo menos 160 mulheres

Uma grande assembléia, a Loya Jirga, se reunirá em 10 de junho para decidir se o líder interino do Afeganistão, Hamid Karzai, continuará no poder, informou o presidente da comissão organizadora, Ismail Qasimyar.Ele disse também que o ex-rei do país, Mohammad Zaher Shah, voltará a Cabul dia 16 para participar da assembléia. Seu retorno estava sendo adiado por motivos de segurança.Dos 1.500 convocados para a assembléia, 160 são mulheres."Esperamos que a Loya Jirga seja o símbolo da unidade nacional", declarou Qasimyar. Mas sua composição já recebe críticas. Os sábios muçulmanos só terão direito a seis vagas, o que foi classificado pelos religiosos como "humilhação".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.