Assembleia tunisiana aprova nova Constituição

A Assembleia Constituinte da Tunísia aprovou no fim da noite deste domingo uma nova Carta Magna para o país. O texto final da nova Constituição contou com 200 votos em seu favor, de 216 possíveis. Doze deputados votaram contra e quatro se abstiveram.

AE, Agência Estado

26 de janeiro de 2014 | 21h09

A aprovação ocorre pouco mais de três anos depois da deposição do ditador Zine Ben Ali em meio ao levante popular que deflagrou uma série de revoluções pelo norte de África e o Oriente Médio que mais tarde ficaria conhecida como Primavera Árabe.

Os deputados constituintes tunisianos passaram os últimos dois anos trabalhando na nova Constituição do país. Trata-se de uma das constituições mais progressistas do mundo árabe. O texto aprovado hoje funda um novo Estado democrático no norte da África, assegura liberdades fundamentais, inclusive de culto, e igualdade de gênero.

"Esta Constituição, ainda que não seja perfeito, é fruto de consenso", declarou o presidente da Assembleia Constituinte, Mustapha Ben Jaafar. "Temos hoje aqui um novo encontro com a história para construir uma democracia fundada em direitos e igualdade." Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
TunísiaConstituiçãonovaaprova

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.