Assessor de Lula tem agenda apertada na Bolívia

O assessor de Assuntos Internacionais da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia, terá hoje em La Paz e em Cochabamba uma extensa e apertadíssima agenda de encontros com grande parte das lideranças políticas da Bolívia para tentar uma solução para a maior crise que o país vive nos últimos 21 anos. Por telefone de La Paz, o secretário da Embaixada brasileira, Pedro Miguel da Costa e Silva, informou à Agência Estado que assessor do presidente Luiz Inácio Lula da Silva estaria desembarcando no Aeroporto do El Alto nesta manhã e, imediatamente, seria transportado de helicóptero para a residência oficial do presidente boliviano, Gonzalo Sánchez de Lozada.A reunião de Garcia e dos enviados do governo argentino com o presidente da Bolívia deve se estender até o meio dia (13h de Brasília). Logo depois, Marco Aurélio Garcia, sempre acompanhado do embaixador, Antonino Mena Gonçalves, se reunirá com o ex-presidente Jaime Paz Zamora, do Movimento de Esquerda Revolucionário (MIR, sigla em espanhol). Às 14h, ainda em La Paz, Garcia receberá Manfred Reyes Villa, presidente do partido Nova Força Republicana e um dos aliados de Lozada no governo. De acordo com o secretário da Embaixada, Garcia partirá de novo para El Alto às 15h (16h de Brasília), onde embarca em vôo especial para Cochabamba, cerca de 600 quilômetros de La Paz. Nessa cidade, o assessor de Lula e a delegação Argentina vão se reunir com o corpo diplomático do Brasil e da Argentina para receber detalhes sobre a situação na cidade. Quase ao final da tarde, por volta das 17h30 (horário local), os enviados dos governo brasileiro e argentino vão se encontrar com Evo Morales, um dos principais líderes da oposição e dos camponeses que tomaram as ruas de La Paz. Às 18h, Garcia volta para Buenos Aires no mesmo vôo especial que partiu hoje de manhã da capital argentina em direção à Bolívia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.