Assessor de presidente do Iêmen sobrevive a tentativa de assassinato

O governo iemenita informou neste domingo que houve uma tentativa de assassinato contra um assessor do presidente do país, a mais recente investida em uma onda de atentados.

Reuters

08 de dezembro de 2013 | 15h55

Um atirador disparou com uma arma equipada com silenciador no sábado contra o carro de Yassin Said Noman, enquanto dirigia pela capital Sanaa, informou a agência de notícias oficial nacional Saba.

Noman também é vice-presidente do Diálogo Nacional do Iêmen. A bala não o atingiu porque o veículo era blindado, informou a agência.

(Reportagem de Mohammed Ghobari)

Tudo o que sabemos sobre:
IEMENATENTADOASSESSORPRESIDENTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.