Assessor e confidente de JFK morre aos 82 anos

Theodore Sorensen, que foi principal assessor do ex-presidente norte-americano John F. Kennedy, morreu ontem, aos 82 anos, em um hospital de Nova York, vítima de complicações de um derrame sofrido em 2001. Além de escrever os discursos de Kennedy, Sorensen era confidente do chefe de Estado e a pessoa mais próxima do ex-presidente depois do irmão dele, Bobby.

AE, Agência Estado

01 Novembro 2010 | 19h14

Alguns dos discursos mais memoráveis de JFK, desde sua fala inaugural até suas palavras para saudar a chegada do homem à Lua, são creditados a Sorensen. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
morteassessorJFKEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.