Assessor taleban é preso e admite morte de Mehsud

O governo do Paquistão capturou o porta-voz do Taleban paquistanês, Maulvi Omar. Segundo um funcionário de inteligência, Omar confirmou durante interrogatório que o líder do grupo, Baitullah Mehsud, foi morto no ataque aéreo dos EUA no dia 5. Apesar de não terem provas, tanto os EUA quanto o Paquistão acreditam que ele realmente tinha morrido, mas, na ocasião, Omar havia garantido aos meios de comunicação que Mehsud estava vivo. Omar foi capturado na segunda-feira por uma milícia que atua a favor do governo na fronteira com o Afeganistão. A prisão ocorreu durante visita a Cabul do enviado dos EUA para Afeganistão e Paquistão, Richard Holbrooke, e em meio a informações de disputas no grupo paquistanês após a morte de seu líder.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.