Ricardo Maldonado Rozo/Efe
Ricardo Maldonado Rozo/Efe

Associação da Colômbia envia papel-jornal para a Venezuela

Em nota, a Andiarios disse esperar que autoridades venezuelanas não dificultem a entrada da mercadoria

O Estado de S. Paulo,

01 de abril de 2014 | 17h10

A Associação Colombiana de Editores de Diários e Meios de Informação (Andiarios) enviou para a Venezuela nesta terça-feira, 1º, 52 toneladas de papel-jornal. O empréstimo, segundo a entidade, é uma medida para amenizar a escassez da matéria-prima para a edição de diários no país, uma vez que meios de comunicação impressos têm tido dificuldades para comprar os dólares necessários para importar papel.

Os rolos de papel chegaram do Canadá no começo da semana ao porto colombiano de Cartagena e seguiram por terra para a Venezuela. Os principais diários beneficiados pela medida são o El Nacional, El impulso e El Nuevo País.

Por meio de nota, a associação disse esperar que autoridades aduaneiras venezuelanas não dificultem a entrada da mercadoria no país. "Esperamos que todos os trâmites sejam cumpridos com normalidade", informou a Andiarios.

"Todos que trabalhamos por um jornalismo de qualidade em defesa da liberdade de imprensa na América Latina não podemos ser indiferentes às dificuldades dos colegas venezuelanos", disse a diretora executiva da Andiarios, Nora Sanín. "Já não é suficiente apenas prestar solidariedade e rechaçar as medidas que limitam a liberdade de imprensa e o direito à informação. Temos de atuar."

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.