Associações do Brasil condenam iniciativa argentina

As associações dos meios de comunicação brasileiros divulgaram ontem um comunicado lamentando e condenando a iniciativa do governo argentino contra o Grupo Clarín.

O Estado de S.Paulo

06 de dezembro de 2012 | 23h50

"A incapacidade de conviver em um ambiente democrático tem levado o governo argentino, nos últimos anos, a buscar as mais diversas formas, veladas ou não, de limitar e pressionar o exercício do jornalismo independente, como o direcionamento das verbas publicitárias oficiais, o uso indevido do fisco para constranger empresas, o impedimento da circulação de jornais, o controle do papel de imprensa e o desrespeito à independência do Poder Judiciário", diz o comunicado assinado pela Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), Associação Nacional de Editores de Revistas (Aner) e Associação Nacional de Jornais (ANJ). "Com a legislação obscurantista, o governo argentino aprofunda sua opção autoritária. Mais um triste exemplo na América Latina de governo eleito democraticamente que se volta contra o verdadeiro espírito da democracia", completa a nota.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.