Ataque a base americana mata 22 no Iraque

Foguetes e morteiros atingiram uma base dos Estados Unidos na cidade iraquiana de Mossul, matando pelo menos 22 pessoas e ferindo 50, informa um representante do Pentágono. O ataque, que ocorreu por volta do meio-dia (hora local) aparentemente atingiu um refeitório da base. O grupo radical muçulmano Ansar al-Sunnah reivindicou o atentado.A base de operações avançadas é usada tanto por tropas americanas quanto iraquianas. A identidade das vítimas ainda é desconhecida, mas imagens do local mostram soldados dos EUA mortos e feridos. Uma nota oficial divulgada em Bagdá fala em "múltiplas baixas".O ataque representa o mais recente ato de violência em Mossul, uma cidade que se manteve relativamente pacífica até a invasão de Faluja por tropas americanas. Em protesto, rebeldes lançaram uma série de ataques contra Mossul, transformando a cidade em um novo campo de batalha.Ontem, o premier do Iraque, Ayad Allawi, havia dito que rebeldes tentam jogar o país numa guerra civil entre xiitas e sunitas e impedir as eleições marcadas para o final janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.