Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Ataque à base militar deixa 2 mortos na Irlanda

Dois homens foram mortos e quatro ficaram feridos, na noite de ontem, quando um atirador abriu fogo do lado de fora de um quartel militar, na Irlanda do Norte, no primeiro ataque desse tipo em quase uma década, disse a polícia. Até o momento, nenhum grupo assumiu a autoria do ataque ao quartel de Massereene, localizado no noroeste de Belfast, mas suspeita-se que o atentado possa ser de responsabilidade de grupos republicanos dissidentes que são contrários ao cessar-fogo adotado pelo Exército Republicano Irlandês. As vítimas não foram identificadas imediatamente. Testemunhas afirmaram terem ouvido duas grandes rajadas de tiros. Kylie McLaughlin, que mora perto do local do ataque, disse que ouviu "tiros constantes parecidos com o de uma metralhadora". "Foi muito assustador, nós não sabíamos o que estava acontecendo aqui", declarou McLaughlin à BBC. O ataque ocorreu um dia após o chefe da polícia autônoma norte-irlandesa (PSNI), Hugh Orde, confirmar que uma pequena unidade secreta do Exército foi chamada para reforçar a fiscalização de dissidentes.

AE-AP, Agencia Estado

08 de março de 2009 | 01h16

Tudo o que sabemos sobre:
Irlandaataquequartel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.