Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Ataque a bomba deixa 2 mortos em bairro rico de Bogotá

Um homem e uma mulher morreram após a explosão de uma bomba em La Cabrera, bairro rico ao norte de Bogotá. A explosão ocorreu por volta de meia-noite de ontem (horário de Brasília) e também danificou dez automóveis. O governo colombiano disse que reforçará imediatamente em 300 policiais a segurança na capital e insinuou que unidades urbanas da guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) praticaram o ataque.A explosão ocorreu em uma zona comercial da capital colombiana, em um caixa automático de uma videolocadora, segundo o general Rodolfo Palomino, diretor da polícia metropolitana de Bogotá. Houve pânico na área, onde se concentram várias lojas e restaurantes. "Lamentavelmente há duas pessoas falecidas. As autoridades já estão no local analisando a situação", disse a secretária de Interior da prefeitura de Bogotá, Clara López. Os dois mortos foram identificados como Carlos Romero, um porteiro de 37 anos, e Diana Mora, uma funcionária de 50 anos que trabalhava na videolocadora. "Eu tenha quase certeza que foram as Farc, mas não posso assegurar 100%", disse o ministro da Defesa da Colômbia, Juan Manuel Santos. Inicialmente foi dito que havia vinte feridos. Porém, a polícia corrigiu o dado, indicando que não houve nenhum ferido. O ministro de Interior, Fabio Valencia Cossio, ofereceu recompensa de 100 milhões de pesos colombianos (US$ 45 mil) por informações que levem à captura dos responsáveis. Atualmente Bogotá, cidade com oito milhões de habitantes, tem 17 mil policiais. Com informações da Dow Jones.

AE-AP, Agencia Estado

28 de janeiro de 2009 | 18h58

Tudo o que sabemos sobre:
violênciabombaBogotáColômbia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.