Ataque a bomba em funeral mata 8 xiitas no Paquistão

A polícia paquistanesa informou que um ataque a bomba matou oito fiéis muçulmanos hoje enquanto eles rezavam no funeral de um clérigo xiita no noroeste do país, o que aumentou as tensões sectárias entre xiitas e sunitas em uma região já conflagrada pela guerra ao terror. O ataque em Dera Ismail Khan, que deixou outras 28 pessoas feridas, foi seguido por um tumulto no qual um grupo tocou fogo em lojas e automóveis, além de apedrejar a polícia. O Paquistão vive uma onda de violência islamita que ameaça desestabilizar totalmente o país, enquanto os Estados Unidos tentam conseguir o apoio de Islamabad para lutar contra a rede terrorista Al-Qaeda e o grupo fundamentalista Taleban.A polícia disse que o motivo do ataque a bomba de hoje provavelmente foi sectário, porque ao atentado se seguiram confrontos entre muçulmanos sunitas e xiitas na cidade de Dera Ismail Khan. Algumas das 28 pessoas feridas estão em condições críticas, disse o médico Farid Mehsud, que trabalha em um hospital. As vítimas assistiam ao funeral do clérigo xiita Allama Nazir Shah Naqvi, morto a tiros mais cedo hoje. O oficial de polícia Nasir Satti disse que provavelmente a bomba foi acionada por controle remoto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.