Ataque a bomba mata 13 e deixa 40 feridos no sul afegão

Uma bomba explodiu hoje em um mercado lotado e matou pelo menos 13 pessoas na província de Helmand, no sul do Afeganistão, informou um funcionário da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). A fonte informou que helicópteros da força da Otan retiraram pelo menos 40 pessoas feridas do local do atentado, levando-as para hospitais regionais, entre eles um em Camp Bastion, a base operada pela Grã-Bretanha em Helmand.

AE, Agência Estado

31 de março de 2010 | 08h37

A bomba era aparentemente um artefato improvisado, no estilo daqueles comumente usados pelo Taleban, disse a fonte, que pediu anonimato. Segundo o funcionário, não há indícios de que tenha sido um atentado suicida. O ataque ocorreu nas proximidades da cidade de Lashkar Gah. O Ministério do Interior afegão afirmou que a bomba estava presa a uma bicicleta e foi detonada por controle remoto. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Afeganistãoataquebomba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.