Ataque a bomba mata 8 e fere 10 no Paquistão

Uma forte bomba explodiu neste sábado perto de um mercado e um restaurante em uma região tribal no nordeste do Paquistão, próxima da fronteira com o Afeganistão. O ataque aconteceu na área de Salarzai, na problemática região tribal de Bajur. Oito homens morreram e outras 10 pessoas ficaram feridas, segundo autoridades locais.

AE/AP, Agência Estado

28 de maio de 2011 | 09h44

Segundo Israr Khan, uma autoridade do governo local, a bomba foi plantada dentro de um restaurante. O médico Mohammed Saeed afirmou que o hospital recebeu quatro corpos e quatro feridos, que morreram pouco depois. Os médicos também estão tratando de 10 feridos, alguns em condição crítica.

Salarzai fica a cerca de 50 quilômetros de Khar, que é a principal cidade de Bajur. A região é considerada uma fortaleza para os militantes e a violência continua imperando desde o ano passado, quando o exército afirmou que havia derrotado militantes do Taleban e da Al-Qaeda depois de mais de um ano de confrontos.

Ninguém reivindicou a autoria do ataque e os motivos ainda são desconhecidos. No passado o Taleban paquistanês já teve como alvo homens de áreas tribais porque eles reuniam forças de milícia para combater o Taleban em Bajur.

O novo ataque destaca a capacidade dos militantes de atingir homens de áreas tribais, que geralmente atuam junto com tropas do governo nas tentativas de encontrar insurgentes na região. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoTalebanbomba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.