Ataque a cidade síria de Deir el-Zor deixa 10 mortos

Forças sírias atacaram com morteiros um bairro da cidade de Deir el-Zor, leste da Síria, matando dez civis, dentre eles uma menina, informou o Observatório Sírio pelos Direitos Humanos.

AE, Agência Estado

12 de junho de 2012 | 09h37

O ataque, que teve como alvo o bairro de Al-Jbaible, ocorreu um dia depois que 12 pessoas, dentre elas três crianças, terem sido mortas após a explosão de um carro-bomba no bairro em Al-Joura, bairro da mesma cidade.

Ativistas de Deir el-Zor disseram que o carro usado no ataque de segunda-feira pertencia a um homem que foi detido vários meses atrás pela inteligência militar e afirmaram que o veículo fora confiscado pelas autoridades. Segundo eles, a explosão foi responsabilidade do governo.

Também nesta terça-feira, forças do regime bombardearam a cidade de Hreitan, localizada na província de Alepo, disse o Observatório, acrescentando que soldados entraram em confronto com rebeldes na entrada da cidade, o que levou a "pesadas baixas entre as tropas do regime". As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
SíriaDeir el-Zorataque

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.