Ataque a comboio no Paquistão mata 17 militares

Pelo menos 17 soldados paquistaneses morreram ontem e 11 ficaram feridos quando seu comboio foi atacado a tiros no Waziristão do Norte, parte da região tribal fronteiriça com o Afeganistão. A emboscada é mais um de uma série de ataques lançados por militantes enfurecidos com o assalto militar à Mesquita Vermelha, em Islamabad, onde estudante radicais islâmicos estavam entrincheirados. Desde o assalto à mesquita, na semana passada, mais de cem pessoas - na maioria policiais e soldados - foram mortas em ataques a tiros e bombas na turbulenta região noroeste, onde é grande a influência do grupo fundamentalista afegão Taleban. Pelo menos oito militantes também morreram ontem em choques com as forças de segurança no Waziristão do Norte.REUTERS

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.