Ataque a comboio político mata 4 pessoas no México

Homens armados com rifles e granadas atacaram um comboio que transportava a mais alta autoridade de segurança no Estado de Michoacan, no México, ontem à noite. Quatro pessoas morreram e dez ficaram feridas na segunda emboscada no país nos últimos dias.

AE-AP, Agência Estado

25 de abril de 2010 | 12h23

A secretária de Segurança Pública, Minerva Bautista, ficou ferida, mas não sofre risco de morte. Entre os mortos estavam dois guarda-costas da secretária e dois assistentes. Entre os feridos estavam duas meninas de 2 e 12 anos.

Não havia informações imediatas sobre a identidade dos criminosos, que somavam cerca de 20 pessoas, nem sobre o motivo do ataque. No entanto, a violência por causa do tráfico de drogas é frequente em Michoacan, a base do cartel de drogas conhecido como La Família.

Mais de 22,7 mil pessoas foram assassinadas no México por causa da guerra ao tráfico desde dezembro de 2006, quando o presidente Felipe Calderón lançou uma ofensiva contra os cartéis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.