Ataque a comício deixa dezenas de feridos na Tailândia

Homens armados teriam atirarado contra a multidão e dois dispositivos explosivos foram acionados

Agência Estado

22 de fevereiro de 2014 | 14h53

A polícia disse que pelo menos 35 pessoas ficaram feridas no leste da Tailândia quando um comício contra o governo foi atacado por homens armados.

O tenente da polícia Thanabhum Newanit afirmou que o ataque foi feito por homens que estavam em uma picape, na noite deste sábado, em um comício do Comitê Democrático do Povo na província de Trat, localizada a cerca de 300 quilômetros a leste de Bangcoc. Segundo ele, os atacantes atiraram contra a multidão e dois dispositivos explosivos foram acionados. Não ficou claro se o grupo de manifestantes, que usa guardas armados, contra-atacou.

A violência relacionada a manifestações aumentou recentemente, com confrontos com policiais e ataques realizados por pessoas desconhecidas nos locais de protesto, principalmente na capital. No últimos três meses, 15 pessoas foram mortas e centenas ficaram feridas. Os manifestantes querem que a primeira-ministra Yingluck Shinawatra renuncie para dar lugar a um governo interino nomeado para implementar reformas anticorrupção. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
TailândiaViolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.