Ataque a companhia elétrica mata nove

Nove seguranças privados morreram e três ficaram feridos num ataque contra as instalações da companhia elétrica estatal Solnegaz, no nordeste da Argélia. Segundo o jornal El Watan, projéteis caseiros atingiram a guarita na qual os seguranças estavam. O atentado ocorreu a poucas semanas do início da campanha para as eleições presidenciais de abril. A rede terrorista Al-Qaeda prometeu aumentar os ataques no país nos próximos meses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.