Ataque a funcionários eleitorais deixa 2 mortos no Iraque

Homens armados vestindo máscaras emboscaram hoje um ônibus que transportava trabalhadores eleitorais no sul do Iraque, matando dois deles e ferindo com gravidade um terceiro. O ataque ocorreu na área de Abu al-Khasib, ao sul de Basra, informou a polícia. Foram mortos o chefe de um comitê eleitoral do governo, que preparava as eleições provinciais, Maath Wahab, e seu vice, Jassim Mohammed, informou Hazim al-Rubaie, diretor do comitê eleitoral de Basra.Nenhum grupo assumiu responsabilidade pelo ataque e ninguém foi detido. Funcionários locais dizem que Wahab era conhecido por lutar contra a influência de grupos xiitas extremistas no processo eleitoral da província. As eleições nas províncias iraquianas deverão ocorrer no final deste ano e espera-se que o poder seja redistribuído entre os grupos étnicos e políticos do país. A data para o sufrágio ainda não foi marcada porque a legislação está emperrada no Parlamento, mas os preparativos para o processo eleitoral já começaram. Os eleitores escolherão os representantes em conselhos de 18 províncias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.