Ataque a hidrelétrica russa deixa ao menos 2 mortos

A central hidrelétrica de Baksan, na república de Kabardino-Balkaria (Cáucaso Norte russo), foi atacada na manhã de hoje por desconhecidos. Duas explosões causaram incêndio e avarias em dois dos três geradores e mataram pelo menos dois guardas e deixaram dois feridos.

Agência Estado

21 de julho de 2010 | 03h48

A polícia disse que o funcionamento da central elétrica de 25 Megawatts, construída entre 1930 e 1936, não foi afetado, embora fontes afirmem que as explosões causaram sérios danos à central. As explosões ocorreram às 5h20, no horário local, (por volta de 22h20 de terça-feira no horário de Brasília).

Os grupos armados islamitas que atuam no Cáucaso Norte ameaçaram inúmeras vezes que atacariam setores básicos russos, incluindo as centrais hidrelétricas.

Tudo o que sabemos sobre:
ataquehidrelétricaRússia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.