Ataque a posto de controle deixa quatro mortos no Iraque

Quatro soldados iraquianos morreram hoje e dois ficaram feridos no ataque cometido por desconhecidos contra um posto de controle do Exército iraquiano perto da localidade de Al-Duluyia, 90 quilômetros ao norte de Bagdá, segundo fontes policiais.Os dois feridos foram levados para um hospital, enquanto os atacantes conseguiram fugir, acrescentaram as fontes.Uma célula formada por quatro iraquianos que supostamente seqüestravam e assassinavam civis iraquianos foi capturada no bairro xiita de Cidade de Sadr, no leste de Bagdá, por forças especiais do Exército iraquiano, apoiadas por soldados americanos.Segundo um comunicado do comando militar dos Estados Unidos, os detidos durante a operação realizada na quarta-feira, também são acusados de cometer ataques com bombas contra áreas próximas a Cidade de Sadr.O Exército americano afirma que a célula, da qual os quatro capturados fazem parte, assassinou cidadãos iraquianos por motivos sectários, após submetê-los a julgamentos ilegais.A nota acrescenta que não houve baixas entre os soldados iraquianos nem entre os americanos durante a operação.Em outro local em Bagdá, um soldado americano foi morto nesta quinta-feira, quando o comboio onde estava foi atacado por vários insurgentes, afirmou hoje um comunicado do comando militar dos Estados Unidos.Mais de 3000 soldados americanos morreram no Iraque desde o início da invasão, em março de 2003, e posterior ocupação do país por tropas multinacionais lideradas pelos EUA.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.