Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Ataque a pousada com equipe da ONU em Cabul mata 6

Seis estrangeiros foram mortos e outros cinco ficaram feridos num ataque a uma pousada em Cabul usada pelos funcionários das Nações Unidas. A ONU confirmou que três membros de sua equipe estavam na pousada e morreram no atentado, que ocorreu por volta de 5h30 (hora local, 23 de terça-feira em Brasília).

AE-DOW JONES, Agencia Estado

28 de outubro de 2009 | 03h27

O Taleban reivindicou a responsabilidade pelo ataque, dizendo que este foi o "primeiro passo" numa campanha de violência destinada a interromper o processo eleitoral para a presidência do Afeganistão. O segundo turno da eleição está marcado para 7 de novembro.

"Três homens-bomba tinham sido mortos durante a operação policial", disse Zemarai Bashary, porta-voz do Ministério do Interior afegão. Falando sob condição de anonimato, um militar afegão no local do ataque, um movimentado bairro comercial da cidade, disse que quatro homens e uma mulher estavam entre os mortos, além de um policial e um integrante do serviço de inteligência. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Afeganistãoviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.