Ataque à Sears Tower: detidos não tinham plano, diz FBI

Agentes do FBI disseram que os sete homens detidos na quinta-feira, 22, sob a acusação de planejarem um ataque terrorista contra a Sears Tower, em Chicago, tinham uma idéia que era "mais uma aspiração do que um plano operacional". De acordo com o FBI, os supostos terroristas não tinham explosivos, nem recursos financeiros adequados para um atentado; o único vínculo do grupo com a Al-Qaeda foi o contato com um agente do FBI que dizia pertencer à organização terrorista liderada por Osama bin Laden.Para o promotor distrital federal Alexander Acosta, este era "o momento exato" para as autoridades desmantelarem o grupo. "É importante desmantelar grupos como esse antes que eles adquiram os meios de cumprir seus objetivos", afirmou Acosta.Cinco dos sete acusados, entre eles o suposto líder do grupo, Narseal Batiste, compareceram a uma audiência preliminar em um tribunal federal de Miami na sexta-feira, sob forte esquema de segurança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.