Lukas Kabon / EFE
Lukas Kabon / EFE

Homem invade hospital na República Checa, mata 6 e comete suicídio

Autor dos disparos havia fugido do local do crime, mas foi encontrado pouco depois com um tiro na cabeça

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de dezembro de 2019 | 05h47
Atualizado 10 de dezembro de 2019 | 07h48

PRAGA - Ao menos seis pessoas morreram nesta terça-feira, 10, em um ataque a tiros em um hospital público em Ostrava, 350 km ao leste de Praga, capital da República Checa, informou a polícia. O balanço inicial era de quatro vítimas, mas duas delas estavam gravemente feridas e não resistiram.

O autor dos disparos, que havia fugido do local do crime, cometeu suicídio pouco depois, segundo informações oficiais. "Encontramos o agressor. O homem de 42 anos deu um tiro na cabeça antes que a polícia conseguisse entrar em ação. Ele morreu", afirmou uma fonte das forças de segurança.

O ataque a tiros aconteceu em uma sala de espera, disse o primeiro-ministro da República Checa, Andrej Babis. Agentes chegaram a esvaziar o hospital por motivo de segurança.

"Quatro pessoas morreram na hora e duas ficaram gravemente feridas, mas infelizmente também morreram", afirmou Babis. / AFP e AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.