Dois policiais são mortos a tiros em tribunal de Michigan

Dois policiais são mortos a tiros em tribunal de Michigan

Segundo o xerife do Condado de Berrien, Paul Bailey, o autor dos tiros também foi morto; vários outros feridos estão em condição estável; os edifícios na região foram interditados

O Estado de S. Paulo

11 de julho de 2016 | 17h38

WASHINGTON - Dois policiais foram mortos a tiros dentro de um tribunal em St. Joseph, no Estado americano de Michigan, e o suposto autor dos tiros também foi morto, disse o xerife do Condado de Berrien, Paul Bailey, em entrevista coletiva.

"Por volta das 02:25 (horário local), tivemos uma confusão no terceiro andar do Palácio da Justiça. Uma pessoa disparou contra dois policiais, ambos morreram, e um vice-xerife está na emergência do hospital", disse Bailey em uma entrevista coletiva. "O suspeito foi atingido e morto", acrescentou. Ele disse que a morte de seus amigos era "terrível". 

Vários outros feridos estão em condição estável no Hospital Regional de Lakeland, disse Bailey. Os edifícios na região foram interditados depois do tiroteio, segundo relatos da mídia.

"A MSP (Polícia no Estado de Michigan) protegeu o local no tribunal do Condado de Berrien e começou a sua investigação sobre o tiroteio que ocorreu nesta tarde", disse o governador Rick Snyder no Twitter.

Chris Gautz, autoridade responsável pela informação pública no departamento de correções de Michigan, afirmou no Twitter que todos do departamento estão seguros. Saint Joseph é uma cidade que fica a cerca de 200 quilômetros de Detroit. / REUTERS e EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.