Ataque a trabalhadores iraquianos deixa 17 mortos

Homens armados atacaram um ônibus que levava trabalhadores iraquianos a um depósito de armas do exército dos EUA. Dezessete morreram. Com esses, já são 70 iraquianos e oito americanos mortos por ataques rebeldes nos três últimos dias.Os ataques se concentram em Bagdá e em cidades ao norte da capital e parecem ter por finalidade atemorizar os que cooperam com o exército americano.A violência começou semanas depois de os EUA iniciarem ofensiva para eliminar os grupos guerrilheiros antes das eleições programadas para o dia 30 de janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.