Ataque a uma prisão nas Filipinas deixa 2 mortos

Durante o ataque à prisão, 31 detentos conseguiram escapar informaram fontes oficiais

Efe

13 de dezembro de 2009 | 05h58

Pelo menos duas pessoas morreram em um ataque a uma prisão do sul das Filipinas realizado por dezenas de rebeldes para libertar presos, dos quais 31 conseguiram escapar, informaram fontes oficiais.

 

O ataque foi perpetrado na prisão provincial de Basilan, na cidade de Isabela, segundo disse o vice-governador, Al Rasheed Sakalahul.

 

Segundo a Polícia, no ataque, o qual participaram 30 guerrilheiros, morreram pelo menos um guarda e um agressor.

 

Acredita-se que os agressores são guerrilheiros ou renegados da Frente Moro de Libertação Nacional (FMLI), organização separatista muçulmana que na semana passada retomou as conversas de paz com o Governo das Filipinas.

Tudo o que sabemos sobre:
Filipinasprisãorebelião

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.